O Livro

Os Guarinís e a Rosa dos Ventos

Uma Viagem ao mundo das lendas com um livro repleto de aventuras e personagens mitológicos brasileiros

A literatura nasceu quando as pessoas começaram a contar histórias – e descobriram que isso era bom.
“Os Guarinís e a Rosa dos Ventos” é um romance de aventuras com temática infanto-juvenil que pode ser lido com prazer e interesse por pessoas de todas as idades. Esopo, irmãos Grimm, La Fontaine, Hans Christian Andersen, Saint-Exupery, Lewis Carroll e o brasileiro Monteiro Lobato foram alguns dos autores que ao longo do tempo se destacaram na arte de escrever para crianças e adolescentes. Domínio da linguagem, clareza, imaginação, fluência e honestidade de propósitos são fundamentais nesse tipo de trabalho. Tais qualidades podem ser encontradas no livro de J. C. M. Oliveira Jr.
Como observa o professor José Milanez na quarta capa do livro, o livro de Oliveira Jr. “é dessas obras que estão fazendo falta em nossas estantes”. Na contramão da maior parte da literatura infanto-juvenil produzida atualmente, a ação do livro se passa em um ambiente rural – uma fazenda histórica no interior de Goiás onde o protagonista JJ e seus amigos adolescentes João Pedro, Caius, Andrija e Marija entram em contato direto a exuberância da natureza nativa e a riqueza das lendas e mitos da cultura brasileira. Esses meninos da cidade se transformam nos Guarinís – heróis à moda da antiga, corajosos e dedicados ao bem.
Para contar a história de “Os Guarinís e a Rosa dos Ventos”, o autor lança mão de sua versatilidade linguística – com diálogos ágeis e descrições precisas – e “convoca” uma seleção de personagens mitológicos brasileiros: Saci-Pererê, Saci-Trique, Matim-Taperê, Curupira, Negrinho do Pastoreio, Sapo Cururu e aquela bruxa malvada cujo nome não vamos pronunciar porque não costuma dar sorte…
Se você quiser saber se os meninos Guarinís conseguiram salvar a Rosa dos Ventos de cair em mãos erradas, só lendo o livro. O que, sem dúvida, será um prazer.